Aromaterapia

login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Preferências
Clínica
Terapeuta
Pagamento
Aceita Cartão
Aceita Cheque
Dias e horários
Atende Sábados
Atende Domingos
Atende 24h
Local
Local Próprio
Atende em Domicílio
Estacionamento Próx.
Filtrar
espaço

Aromaterapia

Para garantir um resultado satisfatório em sua pesquisa, utilize o filtro abaixo para especificar a localidade onde deseja encontrar aromaterapia.
AL
AM
AP
BA
CE
DF
ES
GO
MA
MG
MS
MT
PA
PB
PE
PI
PR
RJ
RN
RO
RR
RS
SC
SE
SP
TO
Bairro de Fátima
filtrar
 
Ainda não temos serviços cadastrados nesta categoria para região selecionada.
Gostaria de ser o primeiro? Clique aqui e cadastre seu serviço.

0 resultados
 
 
 

Aromaterapia

 
Medicina alternativa através de óleos naturais

Aromaterapia é um ramo fitoterápico, utilizado como terapia complementar. Seu nome é derivado de: “aroma” = cheiro e “terapia” = tratamento. A técnica tem como objetivo restabelecer a harmonia pessoal e o equilíbrio mental e faz isso a partir das propriedades de óleos essenciais 100% naturais.

A aromaterapia é muito utilizada na estética facial, corporal, higiene pessoal e na área de cosméticos. Os óleos essenciais são as substâncias concentradas que possuem princípios ativos de acordo com sua composição química. Eles podem ser utilizados de diversas maneiras, como creme, loções em gel ou até puros. Cada forma de utilização resultará em um efeito diferente, e esses óleos afetam o lado físico, emocional e mental.

Sua inalação pode ser feita de duas formas: seca, sendo esse método apropriado para cura de doenças respiratórias como resfriados e tosse; e úmida, chamada também de “sauna facial”, indicada para limpeza de pele. A inalação, quando efetuada em alta temperatura, elimina as toxinas da pele e descongestiona o sistema respiratório.

A resposta desse tipo de terapia é sempre positiva, portanto, é indicada para todos os tipos de pessoas. Para que o tratamento seja feito, é necessário fazer uma avaliação prévia física e psicológica. Através dessa avaliação, é possível definir qual óleo essencial irá se adequar as necessidades do indivíduo. Ao ser utilizado com bebês, a atenção tem que ser dobrada. Eles têm um sistema olfativo sensível, portanto, o uso do óleo deve ser feito de forma comedida.

Para cada caso é utilizado um tipo diferente de óleo e a diversidade de óleos essenciais é grande. Entre os mais famosos estão:

Alecrim: indicado para asma, câimbras musculares, exaustão. É estimulante, portanto é contra indicada em casos de hipertensão.

Bergamota: utilizado como antisséptico e desodorante. Útil no combate de acne, halitose, perda de apetite, ansiedade, entre outros. Mas não deve ser utilizado quando houver exposição ao sol por ser fototóxico.

Lavanda: indicado para asma, sarna, hipertensão. Esse óleo é o único que pode ser utilizado diretamente na pele, seu contato atenua ansiedade e dor.

Gerânio: utilizado para celulite, machucados, hemorragia, queimaduras. Sua contraindicação é para grávidas e pessoas com pele sensível.

O uso da aromaterapia gera grandes resultados sendo tanto mentais, emocionais e muitas vezes físico, no caso das mulheres há a diminuição significativa dos sintomas da TPM. Apesar da estimulação ser natural, é sempre importante que haja a consulta de uma profissional da área da saúde.
 
Tags

Aromaterapia, Óleos, Essenciais, Naturais, Terapia alternativa, Fitoterapico

   


espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®