Utilizamos cookies para melhorar sua experiência no site.
Ao continuar navegando, você está ciente e de acordo com nossos Termos e Políticas de Privacidade.
Concordo

Meu patrocínio

login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Cadastre seu e-mail para ficar informado sobre as novidades do Guia de Massagem.
Base menu
 
 
Selo Certificado SSL

espaço

 
Publicado em 15/01/2021
Compartilhar com o Facebook Compartilhar


Meu patrocínio

 
Quando eu encontro dentro de mim a aprovação que tanto procuro.

Imagem 833 de Meu patrocínio
Raros são os dias que não nos deparamos com enxurrada de notícias e comentários sobre a vida de pseudo-famosos, que usando de recursos midiáticos digitais, transformam sua vida em um picadeiro à espera de aplausos e comentários que sustentem seu ego. É o circo do insustentável vazio humano. E também o espetáculo que rende muito dinheiro, poder e fama aos que pouco colaboram com o mundo, mas muito lucram com sua exposição. Certos ou não, almejam a fama e, nós, formadores da grande massa, nos contentamos em comentar a vida alheia, até imitá-la e desejá-la.

Longe de julgamentos e rebeldia, esse artigo tende a transformar eu e você no nosso próprio patrocinador. Se cada um de nós investirmos em nosso crescimento pessoal, o mundo será melhor, eu garanto. 

Patrocínio, no Google, vem como o ato de amparar, auxiliar, ajudar e proteger. Logo, podemos citar várias cenas que representam esse significado: o bebê chora pedindo o patrocínio de seus cuidadores; o aluno pede ajuda ao mestre; o filho galga diploma e carreira sendo bom aluno sustentado por seu pai; a mulher se submete ao homem em troca de carinho e proteção; o idoso implora pela atenção da família; o mendigo que, com sua latinha, pede o patrocínio das pessoas que passam pela calçada. A moça oferece a si mesma em troca de “paitrocínio”. 

Logo, constatamos que crianças, casos específicos e idosos precisam de amparo. E pessoas adultas podem se amparar, principalmente emocionalmente, podem se auxiliar, se ajudar e se proteger, embora seja preciso muita vontade. E ainda, podem contar com profissionais capacitados para esse auxílio.
Abaixo seguem dicas de auto patrocínio:
  • Redes sociais são bacanas, mas não se exponha ao extremo. A menos que você trabalhe com mídias sociais, conserve sua vida íntima – ela diz respeito somente a você.
Imagem 834 de Meu patrocínio
  • Desenvolva seus talentos – você sabe cozinhar, pintar, bordar, maquiar, criar objetos recicláveis? Você gosta de marcenaria, desenho à mão, escrever ou contar histórias? O mundo está carente de pessoas autênticas, que tenham vontade de desenvolver suas habilidades e que se orgulhem delas.
  • Tenha hobby – acho o máximo sair pelas rodovias no domingo de manhã e ver um grupo de colecionadores de Uno 1.5 ano 1995 passeando por aí. Acho muito interessante os colecionadores em pleno 2021 – discos de vinil, recortes de jornal sobre determinado assunto, chaveiros, papéis de carta e demais itens colecionáveis. Essas pessoas são muito afrodisíacas.
  • Invista em conhecimento útil – separação de sertanejo e influencer só rende lucro ao casal. Nós, simples mortais, precisamos investir em conhecimento sólido – faculdade, pós-graduação, cursos, idiomas e afins para nossa sobrevivência. Bons empregos, investimentos rentáveis e autonomia financeira dependem de muito esforço e dedicação. Entre o plantar e o colher existe o tempo, que é o senhor da vida. 
  • Crie novos hábitos de saúde, bem-estar e disposição – hábitos são gerados após vinte e um dias de ação contínua, logo, insista. Não desista da academia na primeira dor – peça ao instrutor mais leveza. Caminhe uma hora por dia e faça disso uma necessidade primária – é mais que comprovado que exercício físico tem somente pontos positivos. Não cuide apenas de suas doenças, cuide da sua saúde. Temos o terrível conceito de nos cuidar apenas quando adoecemos, sem promover diariamente nossa saúde, física e mental.
  • Água, sol, meditação, frutas, alimentos integrais, leitura, dormir bem, sexo saudável, intestino regular, pensamento positivo, zero vício, momentos de ócio, férias, medicina preventiva, vitaminas, família, maturidade, amigos, jogos educativos, bons filmes e séries – são palavras importantes para o nosso vocabulário.
Patrocine-se! Não espere que o outro reconheça seu valor e seu mérito. Crie você formas de receber a prosperidade. Rodeie-se de pessoas que possam te amparar, mas tenha vontade de evoluir. Olhe para a sua vida e deixe a vida alheia para os holofotes. Viva no sol da sua própria existência.



Redação:
Silvia Delforno, terapeuta corporal com abordagem tântrica.






espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®