Utilizamos cookies para melhorar sua experiência no site.
Ao continuar navegando, você está ciente e de acordo com nossos Termos e Políticas de Privacidade.
Concordo

Doula

login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Preferências
Empresa
Profissional
Pagamento
Aceita Cartão
Aceita Pix
Dias e horários
Atende Sábados
Atende Domingos
Atende 24h
Local
Local Próprio
Atende em Domicílio
Atende em Hotel
Estacionamento Próx.
Filtrar
espaço

Doula

Para garantir um resultado satisfatório em sua pesquisa, utilize o filtro abaixo para especificar a localidade onde deseja encontrar doula.
carregando...
filtrar
 
Ainda não temos serviços cadastrados nesta categoria para região selecionada.
Gostaria de ser o primeiro? Clique aqui e cadastre seu serviço.

0 resultados
 
 
 

A palavra Doula tem origem grega e significa “mulher que serve”. Nos dias de hoje, ela é popularmente utilizada para designar mulheres que não possuem conhecimento técnico ou experiências profissionais na área da saúde, mas que assistem e amparam outras mulheres na hora do parto e também nos primeiros dias de cuidado com o bebê. As doulas ajudam, sobretudo, as mães de primeira viagem.

Há muitos anos, era comum que as mulheres não fossem até um hospital para dar à luz seus filhos, o faziam em casa mesmo. Que conduzia o processo eram outras mulheres da família, especialmente as que já tivessem passado por aquele momento, como mães, avós, irmãs mais velhas, tias, madrinhas e outras.

Nos dias de hoje, isso é muito raro. O normal e seguro é que a gestante seja acompanhada desde o início da gravidez e que tenha todo o suporte e estrutura de um hospital e um médico profissional na hora do parto. Isso é necessário para que tanto a mãe quanto o bebê passem por esse momento de forma mais tranquila e possam ser socorridos rapidamente no caso de algum imprevisto.

No entanto, nessa realidade mais técnica e profissional, a questão do apoio afetivo da parturiente pode acabar ficando um pouco esquecida, especialmente esse apoio vindo de uma mulher experiente. É isso que a figura da doula representa hoje em dia: um suporte emocional para a gestante que está prestes a ter o bebê, e/ou que está nos primeiros dias com os seus filhos nos braços.

Além da questão emocional, a doula também pode oferecer conforto físico para a mulher por meio de massagens relaxantes, ensino de técnicas de respiração e postura, serve como um canal de comunicação que explica para os pais do bebê como são os mecanismos anteriores e posteriores ao parto, além de outras funções.

É bom ressaltar que, apesar de a doula ter sua importância reconhecida pelos profissionais da saúde, ela jamais os substitui, ou seja, não pode realizar nenhum procedimento clínico. O que ela faz é ajudar a mãe (e também o pai) a atravessar essa experiência de forma mais agradável.
 


espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®   
×
Atenção, Visitante!

O Guia de Massagem não é uma clínica, apenas um veículo de comunicação.

Portanto, todos os anúncios, bem como suas informações e fotos divulgadas no Guia de Serviços, são de inteira responsabilidade dos anunciantes.

Em caso de dúvidas e agendamentos, por favor, entre em contato diretamente com o profissional através do formulário e telefones próprios do anúncio.