Utilizamos cookies para melhorar sua experiência no site.
Ao continuar navegando, você está ciente e de acordo com nossos Termos e Políticas de Privacidade.
Concordo

Felicidade

login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Cadastre seu e-mail para ficar informado sobre as novidades do Guia de Massagem.
Base menu
 
 
Selo Certificado SSL

espaço

 

Publicado em 08/05/2020
Compartilhar com o Facebook Compartilhar



O quarteto da felicidade

 
Imagem 669 de O quarteto da felicidade
O quarteto da felicidade é formado por quatro hormônios responsáveis pela sensação de felicidade, bem-estar, alegria, disposição. São eles: endorfina, dopamina, serotonina, ocitocina.

Produzidos no cérebro pela ação dos neurotransmissores que comunicam as sensações às células nervosas, que por sua vez, enviam ao sistema nervoso central. É a cadeia maravilhosa do nosso sistema neural.

Abaixo segue um descritivo e as formas de produção espontânea dos hormônios, lembrando que todos podem ser receitados por médicos e ingeridos sinteticamente. Porém, minha abordagem sempre é direcionada à vida natural.

Endorfina – Conhecida como hormônio da felicidade. Produzida pela hipófise (glândula pituitária), se espalha pelo corpo através do sangue - aumenta a autoestima, fortalece o sistema imune, combate o envelhecimento, diminui o estresse.

Formas de estimular a liberação de endorfina e também dos outros hormônios:

Riso – rir é um santo remédio, gratuito.

Exercício físico – cada vez mais pessoas são adeptas do esporte, como um vício, uma necessidade. O número de corredores maratonistas e ciclistas aumentam sem parar. É a droga positiva da vida.

Ouvir música preferida – ativa nossas emoções.

Paixão e contato físico – prazer sexual libera endorfina. Prazer em desejar e se sentir desejado/a. O relacionamento regular e satisfatório estimula o sistema nervoso a reagir e liberar os hormônios no corpo.

Gratidão – o sentimento que move a vida, fazendo-nos gratos pelo que temos, pelas pessoas da nossa vida, por nossa saúde, pelo dom de viver. Quando se sentir desconectado da energia da graça, uma dica é fazer uma lista de gratidão e acrescentar mais uma, todo dia.

Ter metas – acordar todo dia com um foco nos motiva a levantar e lutar, criando hormônios para dar o up motivacional pra gente “correr” atrás dos planos e sonhos.


Dopamina – conhecida como hormônio do bem-estar. Motiva a mente e protege o corpo dos ataques do estresse diário. A dopamina é produzida por uma boa qualidade do sono, exercitando o corpo, comendo alimentos com o aminoácido tirosina (banana, amendoim, abacate, soja), tomando a luz do Sol. Ter planos e desejos ajuda a produção da dopamina. Sim, você pode!

Serotonina – conhecida como hormônio do prazer. Falta de libido, intestino desregular, enxaqueca, cansaço, depressão e tensão pré-menstrual feminina pode sinalizar a falta da serotonina no organismo. A serotonina é o estabilizador natural do humor. Produzida pelo aminoácido triptofano, encontrado na banana, nos laticínios, peixes, grão de bico, chocolate 70%, mel. Viver ou relembrar bons momentos é uma maneira fácil de produzir serotonina.

Imagem 667 de O quarteto da felicidade
Ocitocina – conhecido como o hormônio do amor. Produzido no hipotálamo e liberado a partir do neuro-hipófise na corrente sanguínea. A ocitocina ajuda no parto normal, na amamentação, na relação afetiva entre pai e filho, no prazer sexual, melhora as habilidades sociais e afasta o vício. Também ajuda a melhorar o sono, as relações amorosas, a generosidade. Sua produção está na absorção dos mesmos alimentos do triptofano (banana, chocolate, laticínio, peixes). É um hormônio “tímido”, produzido quando estamos calmos e confiantes. Um abraço pode gerar uma grande dose de ocitocina.

Felicidade, bem-estar, prazer e amor. O quarteto da essência da vida (conhecida como felicidade!) hoje descrito na visão hormonal. Coma chocolate e banana, seja grato, faça exercícios, conserve

bons relacionamentos, faça sexo consciente, e se entregue à vida. Mandamentos de uma vida feliz.




Redação:
Silvia Delforno, terapeuta corporal com abordagem tântrica.






espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®