login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Cadastre seu e-mail para ficar informado sobre as novidades do Guia de Massagem.
Base menu
 
 
Selo Certificado SSL

espaço

 
Publicado em 20/02/2020
Compartilhar com o Facebook Compartilhar



O Uso dos Óleos na Massagem

 
Muitas técnicas de massagem modernas ou antigas, utilizam diferentes tipos de óleos e cremes com a função de suavizar os movimentos e agregar propriedades terapêuticas, que vão além dos movimentos da massagem.  Os óleos de flores e ervas são utilizados há muito tempo. No Egito antigo, os óleos perfumados eram utilizados em rituais religiosos e nos hábitos higiênicos dessa civilização. Outra civilização que tem grande participação no desenvolvimento das técnicas de massagem de modo geral e nas técnicas que utilizam os óleos são os indianos. Técnicas como shantala e as massagens ayurvédicas utilizam óleos vegetais com propriedades relaxantes e terapêuticas. Um outro exemplo de país com forte tradição nas massagens com óleos é o Japão. Hoje em dia, quem busca por técnicas de massagens focadas na sensualidade vai ouvir algo sobre a massagem nuru gel. Essa massagem de origem japonesa tem como principal diferencial o uso do gel nuru e a aplicação dos movimentos corpo a corpo. O gel nuru é produzido com algas marinhas, e com sua textura viscosa promete nutrir e hidratar a pele, além de tornar os movimentos da massagem mais suaves.

De modo geral, a maioria dos óleos são produzidos com uma base vegetal, extraída de raízes, flores, folhas ou frutos, costumam também auxiliar na aplicação da massagem e promover a sensação de relaxamento. Esses óleos também costumam ser divididos em duas categorias, óleos essenciais e óleos carreadores. Os óleos essenciais são elaborados com as partes aromáticas de plantas, frutos e flores, enquanto os óleos carreadores tem uma base mais gordurosa, geralmente extraídas de sementes e nozes. Muitas vezes esses óleos carreadores são diluídos nos óleos essenciais com o objetivo de produzir um óleo mais hidratante e absorvente na pele.  Parte desses óleos possuem funcionalidades específicas, confira algumas massagens que utilizam:
Imagem 152 de O Uso dos Óleos na Massagem


Drenagem linfática: Os cremes para drenagem linfática mais populares no mercado costumam ser produzidos com algas marinhas, óleo de flores e produtos que prometem melhorar a oxigenação da pele, auxiliar na queima de gordura e suavização de sinais como estrias e celulites, sempre aliando tais benefícios com os protocolos corretos da drenagem. 




Imagem 141 de O Uso dos Óleos na Massagem
Massagem ayurvédica: Muitas vezes quando nos referimos à massagem ayurvédica, podemos estar falando sobre uma técnica específica de massagem chamada de abhyanga. Por ser o tipo mais popular entre as técnicas indianas, muitas vezes é referido com esse termo "genérico". Além da abhyanga e da shantala, a cultura indiana desenvolveu uma série de estilos de massagem, todos com peculiaridades marcantes e diferentes aplicações. No caso da massagem abhyanga, o processo é um pouco mais complexo do que apenas a  sequência de movimentos de massagem pelo corpo, e é levado a sério como uma pratica popular da medicina local. Antes da sessão o terapeuta analisa os motivos do interesse de seu cliente pela massagem, além de reconhecer qual o perfil desse cliente, que na cultura local é conhecido com dosha. Esses doshas se dividem em Pitta, Vata, Kapha, Agni e definem qual óleo deve ser usado em cada paciente. Pessoas de Pitta por exemplo, podem ser tratadas com azeite de oliva ou óleo natural de girassol. Pessoas de outros doshas podem ser tratadas com óleos extraídos de grãos e sementes como mostarda, gergelim, linhaça entre outros. Variando de acordo com cada dosha, necessidade e disponibilidades dos óleos do terapeuta.

Imagem 143 de O Uso dos Óleos na Massagem
Massagem Tailandesa: Outra técnica de massagem que muitas vezes é confundida com nomes gerais é a massagem tailandesa. A Tailândia é responsável pelo desenvolvimento de dois estilos de massagem muito populares nos países ocidentais, sendo conhecidos como thai massage e massagem tailandesa. Na thai massage o cliente utiliza todas as peças de roupa, com a recomendação de que opte por tecidos finos e maleáveis, durante a sua aplicação o terapeuta realiza movimentos e alongamentos semelhantes as posições de yoga. No caso da massagem tailandesa sensual, o cliente retira seus trajes e tem o corpo coberto pelo óleo de massagem, a terapeuta aplica os movimentos utilizando as mãos e o restante do corpo em uma sessão de massagem repleta de sensualidade. 






Redação: Rafael Caetano 
Guia de Massagem












espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®