Utilizamos cookies para melhorar sua experiência no site.
Ao continuar navegando, você está ciente e de acordo com nossos Termos e Políticas de Privacidade.
Concordo
login
área do
anunciante
anuncie
divulgue
seus serviços!
pt
Idioma Atual
espaço
 
Topo menu
 
 
Cadastre seu e-mail para ficar informado sobre as novidades do Guia de Massagem.
Base menu
 
 
Selo Certificado SSL

espaço

 
Publicado em 24/01/2020
Compartilhar com o Facebook Compartilhar



Mioterapia

 
Imagem 134 de Mioterapia
A mioterapia é uma técnica de terapia manual aplicada por massoterapeutas e quiropraxistas com a função de aliviar dores e tensões desenvolvidas pela má postura, tensão emocional e fadiga muscular. Esses pontos são conhecidos como pontos-gatilho ou Trigger Points e pontos sensíveis ou Tender Points. Geralmente, esses pontos são como “nós” na fáscia. Por isso o termo mioterapia pode lembrar a liberação miofascial, tratamento aplicado como prevenção ou correção desses pontos, mas com técnicas diferentes.

Entendendo o que é a Fáscia
Imagem 133 de Mioterapia

Fáscia é um tecido com diferentes espessuras e maleável, dividido em três camadas que revestem o corpo. Essas três camadas são a superficial que fica na parte mais externa do corpo, logo na sequência da pele, em seguida; a segunda camada é denominada como “média” dividindo a primeira e a terceira camada; essa camada conhecida como profunda, é a que reveste de forma direta, o tecido muscular. A função fáscia é suavizar o atrito entre os músculos e órgãos internos entre si e com camada interna da pele. Problemas com postura, dores crônicas, sedentarismo ou exercícios que demandam desgaste intenso, exigem muito desse tecido e o resultado é o aparecimento dos pontos-gatilhos que acarretam em dores locais ou até mesmo em uma dor espalhada por uma região maior. 

Atletas profissionais e amadores, como corredores e fisiculturistas, que estimulam intensamente os grupos musculares costumam sentir as dores causadas pelos Trigger Points frequentemente, por isso, com o objetivo de evitar ou minimizar essas dores, utilizam a técnica da liberação miofascial que, através de recursos como um rolo de espuma “desatam os nós” na fáscia aliviando as dores, disfunções na coordenação motora e tensões pelo corpo.

Como Funciona

Apesar de tratar o mesmo tecido, a mioterapia e a liberação miofascial se diferenciam na forma como o tratamento é aplicado. No caso da liberação miofascial, o paciente desliza partes do corpo como pernas e coluna sobre o foam roller (rolo de espuma) e outros equipamentos, buscando pelos pontos sensíveis. A mioterapia também tem foco nesses pontos sensíveis, porém o tratamento é aplicado através das mãos do terapeuta. Geralmente o paciente é posicionado de forma confortável em uma maca, e o terapeuta capacitado, utilizando conhecimentos sobre quiropraxia, massoterapia e pontos-gatilho, utiliza as mãos para aliviar a tensão contida na fáscia. Outra característica dessa técnica, é que apesar da semelhança com algumas técnicas de massagem, durante o procedimento não é necessário que o paciente retire suas peças de roupa, comum em muitas técnicas de massagem. A única recomendação é que a vestimenta seja composta por tecidos finos e confortáveis, com o objetivo de facilitar a movimentação do corpo e contato com as mãos do terapeuta.

A mioterapia pode ser indicada para praticantes de atividade física intensa, pessoas que sofrem com dores musculares de forma recorrente e pessoas que por ansiedade e stress, acabam mantendo sua musculatura tensionada, mesmo que de forma imperceptível, e como resultado sofrem com desconforto.




Redação: Rafael Caetano 
Guia de Massagem











espaço vazio
espaço
 
Site Seguro Guia de Massagem ®